Que tal seguir este blog?

quarta-feira, 14 de dezembro de 2016

Plano Zero "O Que Esperam de Você" (Lançamento)

 Plano Zero, banda de Duque de Caxias, lança oficialmente hoje seu álbum full: “O que Esperam de Você”. O Álbum está disponível nas plataformas digitais: Spotify, Apple Music, Google Play e Deezer.

   A banda que surgiu em 2000, já tem um longo caminho percorrido. Sempre tocando em diversos lugares, mudanças na formação, demos lançadas, e muita vontade de fazer acontecer. E o resultado de todo esse empenho e força de vontade pode ser visto/ouvido hoje.

  O álbum contém 10 faixas redondas, destilando sonoridades e reflexões, vide a faixa homônima (O que esperam de Você): “Olhe ao seu redor e veja o mundo/ Como quem está se despedindo / Se volte para aqueles que estão no poço e sinta o que eles estão sentido…  “frases formuladas e supostos planos…”.

  “Pra Sempre Diferente” é a única faixa com um apelo mais pop, meio que para respirar em meio às reflexões sugeridas nas demais canções.   

   Músicas politizadas  “Primavera em Pequim” e “Últimas Notícias” que encerra o álbum como que um alerta: “Eles querem te alienar/ Se ficar parado vão conseguir/ O destino nos acorrentou/ Já não temos pra onde fugir… [E as últimas notícias são pra te enlouquecer/ E as últimas palavras sempre são contra você…].

  Agora é esperar o ano acabar, pois começo de Janeiro promete o cd. Temos acesso à internet, mais a mídia física também é importante.

     Curta fan page: Plano Zero Oficial                                              

     E Dê o play no Spotify
     (Obs: para acessar o Spotify é só se inscrever com sua conta facebook)                               

quarta-feira, 30 de novembro de 2016

Carole B. (Entrevista para o site Cidadão Cultura)

Conheçam um pouco de Carole B.

O site Cidadão Cultura, em que publiquei um texto semana passada, fez uma pequena entrevista comigo. Falamos sobre zines, livros, poesia, internet e muito mais.

quarta-feira, 23 de novembro de 2016

Graffiti Hae pela Cazeiro Films

Cazeiro Films e Graffiti Hae se juntaram para fazer esse vídeo massa. Mostrando sua “Street Arte” através do olhar do VideoMaker Erick Zurk. Haendel tem se mostrado cada vez mais proativo com sua arte. Expondo em “galerias públicas” do bairro onde mora, seus graff e amor pelo que se faz. Há algum tempo atrás, começou um projeto (que já foi até comentado aqui no blog) em que o mesmo levava sua arte para locais abandonados, nos quais ele enxergava potencial, visto que a maioria dos grafiteiros tem certa tendência em fazer graffiti em locais denominado de MÍDIA (na gíria do graffiti, seria um local em que todo mundo sempre está vendo o graff).
 O projeto continua e hoje em seu canal do youtube já temos mais de 100 inscritos, legitimando o projeto e seus outros graff. E… acredito, vem mais algo por aí! Fiquem ligados e se inscrevevam nos canais.

Canais: HAEMARC

              CAZEIRO FILMS    
                

quarta-feira, 10 de agosto de 2016

Livro Salada Cascuda

Fabio da Silva Barbosa um dos expoentes mais atuantes da cena zineira, lançou recente mais um dos seus muitos projetos (que não ficam engavetados por muito tempo) devido à verve constante do autor. “Salada Cascuda” não é apenas uma reunião de contos e poemas como se pode pensar a primeiro impacto. O livreto tem algo a mais, e quando digo “a mais”, estou me referindo ao processo todo artesanal que foi empregado na confecção do livro: capa de papelão levando recorte e colagens, produzidos um a um, tornando cada exemplar único; no lugar dos famosos grampos, um barbante de crochê para prender o miolo. Como se não bastasse o cunho estético, temos todo o conteúdo acidulante dos escritos que te leva ao tempo todo para reflexões existencialistas e te convida ao pensar.
    Foram confeccionados apenas 40 exemplares (o meu é de número 06), produzidos pela editora independente Candeeiro Cartonera, ligada ao movimento cartonero que produz livros artesanais com capas  de papelão. Localizado em Caruaru – PE.  Contato: candeeirocartonera@gmail.com 
   No mesmo pacote que veio, uns brindes:
   
  Zine – Café sem Açúcar #29 – contendo poesias de Jeison Placinsch.
   Contato:  FACEBOOK/CAFESEMACUCAR

  Zine ­– O Berro – Aperiódico – Ano 7 – Número 28 – Outono / 2016 – Com informações que você não vai encontrar na mídia. 
   
  Zine – Reboco Caído n°30 / Aperiódico – Este zine é elaborado por Fabio da silva Barbosa, neste número o formato é em folder. Contendo poesias e textos dos autores.
   Contato:  REBOCOCAIDOZINE.BLOGSPOT.COM   
                        
                          É Isso! Apóie a cultura independente!                                             

sábado, 30 de julho de 2016

RedSilk (Estampas Estilizadas)

Animes e games! Com certeza em algum momento de sua vida você já parou pra ou assistir desenhos ou dá aquela jogada em super Mario Bros; Talvez você que esteja lendo este anúncio ainda faça uma dessas atividades. E se você curte algo, sempre rola aquele lance de colecionador (eu colecionava Cavalheiros dos Zodíacos)… mas enfim, o que quero dizer é o seguinte: um brother está com uma banquinha super massa com várias camisas e canecas estilizadas com personagens de manga e games. Se você está na procura de uma camisa legal do Naruto, One Piece, Mario Bros, Homem de Ferro… Dê uma escolada no Site REDSILK e Curta a Fan page (R.E.D Silk) para fica por dentro das novidades. É isso aí.  


              

quarta-feira, 29 de junho de 2016

Anti-heróis e Aspirinas

Yury Hermuche? Sim. Da banda Firefriend? Sim. Músico, escritor, experimental e muitas outras facetas. E o que é “Anti-heróis e Aspirinas”?...
   É uma viagem através de palavras. Yury nos conduz por um mundo caótico, cheio de indagações e respostas inconclusivas. O diálogo das personagens e textos flutuando no que parece uma viagem de ácido ou outra substância (Aspirina). A sociedade soa decadente, a vida é medíocre, as situações do cotidiano são alienantes, o escapismo parece ser a única forma de prazer real, num mundo em que tudo soa nada real. “Você aceita tudo sem nenhum questionamento. Basta abrir os olhos. As imagens tomaram meus olhos. Em todo lugar é assim. O mundo se confunde com um filme.
      Enquanto as personagens se alternam e entre uma visão e outra, você é exposto ao conflito e introduzido dentro das indagações, você se vê enxergando através de palavras todo ambiente estático-veloz.
       E para melhor imersão na leitura de 134 páginas, foi feito uma trilha sonora inteira para ser tocada ao se iniciar a leitura. Um disco todo instrumental de nome Death’n’Sound que você pode baixar para melhor curtir a experiência.
     E como adquirir um exemplar? Aqui não tem estrelismo e você pode entrar em contado com o autor do livro:
          

                                   
                              É isso! Apóie a cultura independente!                                      

quinta-feira, 23 de junho de 2016

Arte pela Arte

Arte pela arte, todo lugar pode ser uma galeria de arte”, foi com esse pensamento em voga que o Graffiteiro/ fotográfo Haendel Marcone (Hae), decidiu dá início ao projeto no qual “todo lugar pode ser uma galeria”. A proposta do projeto tem como referencial os artistas que usam cenários inusitados como tela ou galeria de arte. Lugares abandonados ou inóspitos que ninguém se quer olham, podem ser transformados com um olhar artístico. Logo o bordão Arte pela Arte se encaixa perfeitamente, levando em conta que graffiti é algo urbano, no qual o graffiteiro quer ter visibilidade. Pensar em lugares abandonados e inóspitos é outra alternativa; outra forma de mostrar que o graffiti não se restringe a um molde. Esse é o objetivo focal do projeto: retratar cenários esquecidos ou abandonados que poderiam ter um potencial na localidade, ou até mesmo mostrar que aquele local FAZ parte como interação urbanística, com o tema “Arte pela Arte”, todo lugar pode ser uma galeria de arte.

E dando suporte a este projeto está o ilustrador underground David Beat, fazendo operação da câmera e edições. 

Até o momento foram lançados três vídeos, os quais estão disponíveis no canal HAEMARC. Se inscreva para ficar por dentro, e se curtir dê um LIKE pra ajudar na divulgação. É isso.

quarta-feira, 18 de maio de 2016

Ziine - Por favor Não se ofenda...

Zine – Por favor, não se ofenda – Uma leitura disléxica do que me rodeia. Reunindo desenhos e textos de seu autor, Pedro Lago, com um tom sarcástico e por vezes surreal. Enquanto saboreava as páginas e me deixava mergulhar, viajando nos desenhos, de repente me veio à cabeça filmes de David Lynch.
 Ilustração e texto em um diálogo constante, difícil não parar para refletir na mensagem transmitida. Um ataque incisivo ao consumo de massa e seus padrões alienantes. 
Vale destacar aqui um trecho que está na introdução do zine: “O conteúdo desse livreto é levemente ofensivo para aqueles de cultura limitada e muito pobre para aqueles de alto intelecto. É tudo que somos. É o deboche do padrão.”
O zine tá bem volumoso com 40 páginas, capa rosa, desenhos e texto em P&B.
Entre em contato com seu autor e adquira um exemplar, seja comprando (ajuda bastante pra que o zine continue circulando) ou fazendo escambo (o que também é valido.)  
                                                            É isso D.I.Y!!                   

quarta-feira, 23 de março de 2016

Livro do Jajá Félix

Então pessoal, o amigo Jarlan Félix está com o projto de lançar um livro com seus trampos, o qual vai ter por volta de 100 páginas, com tirinhas e quadrinhos. Seja você mais um a apoiar este Artista. Abaixo deixarei o link com as informações referente ao projeto.

                                      Ajude o projeto, clique aqui pra saber mais.

                                          Apóie a cultura independente!

quinta-feira, 18 de fevereiro de 2016

Zine En[fim]



 Zines…! É sempre um prazer recebê-los! E prazer imenso quando é de pessoa amiga por quem você nutre grande estima. É justamente o caso dessa ilustradora que atende pelo nome de: Ana Flávia Matos

Com seu primeiríssimo zine lançado, já nos surpreende com pequenos detalhes estéticos. No lugar dos famosos grampos, ela optou por uma sutil costura de linhas nas duas pontas do miolo do encadernado. O zine é bem econômico, mas é uma economia que soma devido às ilustrações que nos chama atenção pelos temas abordados: mutilações e sentimento de fuga. E tem uma referência/homenagem linda ao David Bowie, do qual ambos somos fãs. Bowie sempre estará em nossos corações independente do que aconteceu.

  É bem legal o fato do zine também se chamar “En[fim]”, uma brincadeira com a palavra que deixa margem para outras interpretações?...

   Neste zine me surpreendeu bastante o fato de determinadas ilustrações conseguirem transmitir exatamente a sensação do que está sendo observado. 

                                    Agora é esperar pelo segundo número! 

Você pode entrar em contato e conhecer o que esta menina talentosa anda fazendo. Visite e curta: Facebook.com/quasenulo

Contato com a autora do zine - facebook.com/anaflaviamatos0

sexta-feira, 5 de fevereiro de 2016

Carpete Florido - Bom Amigo (EP)


Acaba de sair fresquinho do forno Transfusão NoiseRecords, o mais novo EP de nome “Bom Amigo” da banda Carpete Florido.  O som está bem equilibrado entre as cinco faixas que contém no álbum, bem direto e sem frescura.  Meu destaque vai pra faixa de nome “A Cura” com uma pegada pop-brilho e um riff minimalista, tudo nessa música se encaixa bem.  Mas no todo, o EP está com uma sonoridade bem classe para que você possa: ouvir, refletir e relaxar.  Destaque também para capa com uma colagem linda de bonita. É rock!

         É isso! Dê uma escolada no som, baixe ou compre via 
                          Transfusão Noise Records.  

segunda-feira, 18 de janeiro de 2016

Arrombadores de Portas e Janelas S/A (zine)





Acaba de sair mais um projeto da mente inquieta de Paulo Monteiro. O mais novo zine de nome “Arrombadores de portas e janelas S/A” tem em sua concepção: poesias, ilustrações, sentimentos e sensações variadas compostas pelos participantes. Além do próprio, o zine conta com participações de: Ana Flávia, Enrique Costa, David Beat, joy. 
                                             (Zine apenas on line.)

Sobre o autor: Paulo Monteiro é Colagista, músico, poeta, zineiro e outras coisas mais. Sempre antenado na cultura do “Do It Yourself”, tem buscado cada vez mais expandir seus horizontes de forma agregar algo substancial ao vazio cultural. Com alguns zines lançados e projetos emergindo sempre que possível, o autor está sempre em movimento caótico constante. 

Contato dos participantes 

Quase Nulo  (Ana Flávia)
Enrique Costa (sem contato)
David beat (David Beat
Joy. (Joy)
Corte na Testa (Paulo Monteiro)

                                                Apóie a cultura independente!